O que é mobilidade urbana para você?

Muito se fala sobre crise de Mobilidade Urbana em diversas cidades brasileiras. Na intenção de contextualizar o conceito e engajar nossos leitores lançamos esta pergunta de modo pessoal.

 

Conceito

No Dicionário

mobilidade

mo·bi·li·da·de

sf

1 Característica do que é móvel ou do que obedece às leis do movimento.

2 Possibilidade de mover(-se).

3 Facilidade em se movimentar, andar, dançar etc.

fonte: Michaelis

A mobilidade urbana é um atributo associado à cidade, que corresponde à capacidade de deslocamento de indivíduos para suprir suas necessidades para a realização de atividades, inclusive cotidianas, tais como: trabalho, educação, saúde, lazer e cultura.

Esta capacidade não é dada à priori, é resultante de diversos fatores políticos, históricos, sociais. Ela pode inclusive ser mensurada.  

Dia 21 de Junho de 2017 a Urban Systems Brasil divulgou resultado de pesquisa sobre mobilidade urbana avaliando 500 municípios brasileiros. A pontuação leva em consideração oito critérios: proporção entre ônibus e automóveis; idade média da frota dos meios de transporte públicos; quantidade de ônibus por habitante; variedade dos meios de transporte; extensão de ciclovias; rampas para cadeirantes (acessibilidade); número de voos semanais (conectividade com outras cidades); e transporte rodoviário. (link para estudo completo)

Outro exemplo de qualificação é o fornecido pelo Plan Mob/SP-2015: A mobilidade urbana é qualificada pela presença de transporte de alta capacidade, de acessibilidade universal nos passeios e edificações, de prioridade ao transporte coletivo no sistema viário, de terminais de transporte intermodais, da rede de transporte coletivo por ônibus, de acessibilidade universal na frota de coletivos, de uma rede cicloviária, da existência de bicicletários e paraciclos, de uma boa legibilidade dos sistemas de orientação, de uma comunicação eficaz com os usuários, da modicidade tarifária e de uma logística eficiente no transporte de carga.

Lei da Mobilidade Urbana

Até 2012, cada município cuidava sozinho das questões referentes à Mobilidade Urbana. As ações na grande maioria das vezes eram reduzidas apenas à melhoria do transporte urbano e considerando a capacidade do governo federal para financiar e apoiar tais práticas.

A Lei 12.587/12 – “Lei da Mobilidade Urbana” (link) é de 3 de janeiro de 2012. Há uma tentativa de operar uma visão mais sistêmica da questão, entendendo como itens fundamentais à Mobilidade a movimentação de bens e de pessoas, envolvendo todos os elementos que produzem as necessidades dos deslocamentos.  Dessa forma, é importante associar  o planejamento do uso e ocupação do solo, o trânsito, o planejamento e a regulação do transporte coletivo, a logística de distribuição das mercadorias, a construção da infraestrutura viária e as calçadas.

Juntos pela mobilidade e cidadania

Imagine uma cidade com a integração de transporte coletivo e transporte individual em harmonia com a cidade, sem atrasos e completamente acessível para toda a população!

Melhorias vêm sendo implementadas, mas ainda estamos longe de um cenário ideal de mobilidade urbana nos municípios brasileiros. Muitos de nós cidadãos ainda passam 3 horas por dia se locomovendo por entre prédios e ruas.

Acreditamos que a educação é emancipadora e ferramenta fundamental na multiplicação de protagonistas da cidadania e da mobilidade.  Disponibilizamos gratuitamente metodologia, ferramentas e conteúdos didáticos voltados à educação para a mobilidade, unindo as práticas de aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem baseada em jogos e design thinking. Nossa proposta é facilitar o engajamento nas questões da mobilidade a partir de experiências lúdicas que ampliem a empatia e capacidade crítica dos participantes permitindo que cada um envolvido seja agente de seu processo de aprendizagem.

 

Comente! queremos muito saber o que é mobilidade urbana para você : )